Ela vive.

Ela era demais para aquele lugar
O que eles pensavam ver
Não era o que ela podia oferecer

Desperdiçando tempo
Escrevendo letras banais
Ela poderia ter nascido há décadas atrás

Perdendo a consciência
Deixando de lado a sua essência
Mas, ela jamais mudaria essa situação
Declararia trégua e não deixaria ser tomada pela emoção
Partiria no fim, para outra missão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s